Certificado Digital em Nuvem para emitir CTe: como funciona

Certificado Digital em Nuvem para emitir CTe: como funciona

O Certificado Digital em Nuvem é uma novidade que garante mais facilidade e mobilidade na hora de emitir CTe. A grande diferença é que este novo modelo de Certificado pode ser acessado de qualquer lugar. Por isso, não existe a necessidade de carregar smartcards, tokens ou outros dispositivos e nem instalar nada no seu computador. Confira os detalhes.

Certificado Digital: o que é

A Medida Provisória número 2.200-2, de 24 de agosto de 2001  regula a identificação digital no Brasil e tornou obrigatório o uso da certificação digital para acesso às aplicações fiscais.

Para isso, a lei instituiu a Infra-estrutura de Chaves Públicas (ICP-Brasil), constituída por um comitê gestor e por autoridades certificadoras. O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) é a primeira autoridade (AC-Raiz) da cadeia de certificação no Brasil.

O Certificado Digital  funciona como uma identidade eletrônica para pessoas e empresas. É um recurso da tecnologia para assinatura de documentos no meio digital e possui a mesma validade jurídica de documentos assinados à mão e lavrados em cartório.

 
No caso das transportadoras, garante a autenticidade e atribui validade jurídica ao Conhecimento de Transporte Eletrônico. Ou seja, ele registra as prestações de serviços no deslocamento de cargas para fins fiscais.
 
O Certificado Digital é relacionado ao CNPJ da empresa, porém é configurado com o nome do funcionário responsável pela emissão do CTe. É emitido por uma Autoridade Certificadora e pode ser dos tipos:
    • A1: emitido diretamente no computador e fica armazenado no navegador da internet;
    • A3: é emitido e armazenado em uma mídia criptográfica como HSM, Smart Card (cartão inteligente) ou token.
O Certificado Digital garante o acesso aos serviços eletrônicos da Receita Federal (DIRF, CAGED, etc), assinatura de escriturações contábil e fiscal (SPED Fiscal e Contábil). Também facilita a assinatura de contratos digitais da empresa e outros serviços similares.
 
Veja também:
 

Certificado Digital em Nuvem para emitir CTe: qual é a diferença na prática?

certificado digital em nuvem
 
O Certificado Digital em Nuvem segue os mesmos conceitos de Cloud Computing, ou seja, computação na nuvem. Esta é uma realidade consolidada, principalmente quando percebemos que, hoje em dia, armazenamos dados sem a necessidade de CDs, pendrives ou espaço disponível no HD do computador.
 
Isso vale para serviços como Google Drive, iCloud, One Drive, dentre outros, onde podemos armazenar uma infinidade de arquivos “na nuvem”. Essa tecnologia já possibilita outras utilidades, como é o caso do Certificado Digital na Nuvem para armazenar sua identidade digital.
 
A grande vantagem dele é a mobilidade, ou seja, dispensa o uso de mídia física como tokens (cartões e pendrives), nem necessita de instalação alguma no seu computador. Para utilizar o Certificado Digital em Nuvem basta estar conectado à internet.
 
Com isso, é possível validar o Conhecimento de Transporte de Cargas à partir do seu smartphone (que já está sempre com você), de um tablet ou computador, com segurança. 

 

 “A nova normativa coloca Brasil na dianteira da certificação digital em nuvem. O sistema brasileiro opera com excelência tecnológica e normativa, possibilitando o uso do certificado ICP-Brasil em smartphones e outros aparelhos móveis com total segurança”, afirma o diretor-presidente do ITI, Marcelo Buz. Fonte: ITI – Instituto Nacional de Tecnologia da Informação.

Qual é o preço de um Certificado Digital em Nuvem?

O valor do Certificado é diferente para pessoas físicas e jurídicas. Os preços variam conforme a entidade certificadora e o período de validade escolhidos, que pode ser de 1 a 5 anos.

Sistema emissor de CT-e Online
Rápido, simples de usar e com suporte total

Não precisa instalar nada pra você emitir Conhecimentos de Transporte online em segundos e praticamente no automático. Simplifique sua rotina com o Simples CT-e.

 

Vantagens do Certificado Digital em Nuvem

vantagens certificado digital em nuvem
 
Um sistema emissor CTe online como o SimplesCTe, permite emitir Conhecimento de Trasporte em qualquer computador e de qualquer lugar. O Certificado Digital em Nuvem chega para facilitar ainda mais esse processo. Vejamos as principais vantagens:
 

1. Mobilidade 

A primeira vantagem é o ganho de mobilidade, porque torna desnecessário estar em um escritório para acessar o Certificado Digital em Nuvem com segurança.
 

Os Certificados tradicionais precisam da instalação de um driver no computador. Por conta disso, podem apresentar incompatibilidades com sistemas operacionais, navegadores ou até no caso de formatação.

Além disso, utilizam tokens, que necessitam de portas USB para a transferência de dados. Mas, essas portas não estão disponíveis em tablets e celulares. Os cartões (Smart Cards), por sua vez, exigem uma leitora específica para funcionar.

Com o uso do Certificado Digital em Nuvem, tudo se torna disponível em poucos cliques no momento em que for necessário utilizá-lo. É possível gerar um único certificado e acessá-lo em múltiplos dispositivos móveis à sua escolha.

2. Redução de custos com equipamentos

A implantação do Certificado Digital em Nuvem representa redução de custos com equipamentos e, consequentemente, de logística, diminuindo também a necessidade de suporte técnico constante.

Essa flexibilização promove economia em todos os setores, facilitando o acesso a recursos fundamentais e reduzindo o tempo gasto nas tarefas.

3. Segurança 

Assim como o Certificado Digital físico, as transações ocorridas no Certificado em nuvem também são criptografadas por amplas camadas de segurança. Tudo em conformidade com as regras definidas pelo ICP-Brasil.

Outra diferença a considerar é que, se você perder um token tradicional, terá que pagar novamente e passar por todo fluxo de emissão de um novo certificado. Já o Certificado Digital em Nuvem fica armazenado com segurança em hardwares criptográficos e autorizados pela ICP-Brasil.

Em caso de perda do celular, por exemplo, você poderá habilitar novos dispositivos a qualquer momento e bloquear o celular antigo. 

4. Praticidade 

Além da mobilidade, o certificado digital na nuvem torna o cadastro e a autenticação de Conhecimentos de Transporte mais simples e fácil. Também reduz os investimentos na proteção anti-fraudes e no gerenciamento de senhas. 

Para concluir, o Certificado Digital em Nuvem é mais uma ferramenta importante na era do Cloud Computing, onde realizar tarefas rotineiras com simplicidade e agilidade já é uma realidade ao alcance de todos. 

Você ou sua empresa já possuem Certificado Digital em Nuvem para Conhecimentos de Transporte? Deixe um comentário!

 

| Newsletter
Gostou desse artigo? Inscreva-se gratuitamente e receba novos conteúdos por e-mail.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Simples CT-e